Apoio ao romeiro: voluntariado de comunhão e fé!!!

voluntários#Depoimento da voluntária Silvia que, junto com seu marido e demais membros da família, criou um ponto de apoio ao romeiro nestas vésperas das comemorações dos 300 anos da imagem de Aparecida, instalado às margens da Via Dutra em Caçapava, ao lado do posto da Polícia Rodoviária Federal:

“Toda ajuda aos Romeiros de Nossa Senhora Aparecida começou por acaso há 5 anos atrás , quando eu trabalhava com locação de mesas e cadeiras para festas, e em um sábado antecedendo o dia 12 de outubro, terminei as minhas entregas junto com o meu marido Roberto, então resolvemos comprar um sorvete e paramos na avenida marginal da Dutra em Caçapava- SP.

Enquanto eu estava ali matando a minha sede e calor, vi que muitos romeiros passavam pela Dutra em sentido á Aparecida, parei, olhei aquele sol ,aquele calor, e pensei eu aqui matando a minha sede e eles nesse sol, com certeza sem água devem estar sentindo sede.

Comentei com meu marido e o convidei a comprar algumas garrafinhas de água e entregamos pra eles, vamos conseguir alcançar eles no próximo bairro, e assim começou a minha jornada, naquela hora comprei 12 garrafinhas e distribui ,a sensação foi tão grande e em ver a felicidade deles e a gratidão que no mesmo instante fomos até Taubaté e compramos em um Atacadão mais algumas garrafinhas e um isopor e voltamos até São José , onde fomos distribuindo essa água.

E naquela hora depois de muitos agradecimentos e sermos chamados de anjos , vi que não poderia mais parar com essa ajuda, e comentei com meus filhos Nathália e Guilherme, o que tinha feito e disse que no ano seguinte iria fazer de novo.

No ano seguinte já consegui ajuda de mais anjos da minha irmã Solange , do meu cunhado Alfredo e dos sobrinhos Carolina, Jéssica e Felipe, da minha sogra Dona Carmen, dos amigos Claudia, André do genro Du, que doaram garrafinhas de água e ajudaram na distribuição e entregamos cerca de 250 garrafinhas.

Em 2015 já consegui mais ajuda e terminamos com a entrega de 450 garrafinhas e pude contar com a ajuda de mais amigos Talita, Indinho, Márcia, Flávia, além dos outros amigos que estão comigo desde o segundo ano e de anônimos que passavam e deixavam suas doações.

Em 2016 batemos totalmente nossa meta, pois apareceram novos anjos, minha família sempre junta e a família Castro essa não tem nem como agradecer tamanha é a ajuda deles. Também ajudaram Talita, Indinho, Márcia, Flavia, Claudia, André, Juliano, Tati, Chico Lanches e minha prima Claudia Castro (Taubaté), e outros anônimos, onde recebemos além de água, frutas para a distribuição, consegui contar 1450 garrafinhas e ai perdi a conta, mas a distribuição não ficou só comigo acabei ajudando outros amigos.

Além de todo agradecimento que recebemos dos Romeiros, sentimos uma paz muito grande dentro de nós, conhecemos pessoas com suas histórias de FÈ e agradecimento a Nossa Senhora Aparecida, pessoas que as vezes já estão a dias na estrada, com bolhas nos pés, mas a Fé é maior que qualquer dor,a Fé em Nossa Senhora Aparecida é maior que qualquer distancia,não importa de você vai caminhar um quilômetro ou 300 quilômetros a Fé é igual para todos.

É por isso que faço esse trabalho voluntário para agradecer a Nossa Senhora Aparecida por todas as graças recebidas e aliviar um pouco a sede desses romeiros, e espero continuar por muitos anos com ajuda de vocês, obrigada.”

QUE DEUS E NOSSA SENHORA APARECIDA ILUMINE O CAMINHO DE TODOS.